A inserção profissional tem sido cada vez mais relacionada a forma como o candidato a uma vaga de trabalho se apresenta ao selecionador

 A essa “forma” inclui-se não apenas o uso de um vocabulário adequado, de vestes condizentes com o ambiente, como também na criatividade empregada no momento de apresentar suas qualificações.

Falei aqui mesmo, no blog da Penso Mídia, sobre a importância de um currículo criativo, dando inclusive algumas dicas para  desenvolvê-lo. Vivemos em uma época onde o visual transcende qualquer outra forma de expressão informativa. Ter isso em mente favorece mas não é o suficiente para seduzir um selecionador. É de suma importancia demonstrar, na prática, as habilidades e talentos ditas por você em seu currículo. E como fazer isso?

Se você domina plenamente a informática, as novas mídias e tecnologias da informação; se tem conhecimento avançado em aplicativos de criação e edição de imagens, mostre isso a partir de seu currículo. Um profissional hábil neste quesito deve saber, por exemplo, que um currículo pode muito bem ter sua versão online, seja na forma de um e-card, de um portifólio ou de algum modelo híbrido.

Um usuário avançado de midias sociais deve, obrigatoriamente, manter um blog atualizado, onde não apenas exercite sua escrita mas também fale com propriedade de assuntos relacionados a sua profissão e função social. Pelo mesmo motivo, deve marcar sua presença nas principais redes sociais, sempre zelando pela sua reputação e imagem profissional nestes ambientes virtuais.

Ter o domínio avançado de ferramentas ‘queridinhas’ do mercado de trabalho, como Photoshop e Corel Draw exige do profissional desenvolver um currículo em papel que desperte o interesse visual do examinador. Algo que seja criativo, mas que ao mesmo tempo não se dervirtue da sua função principal de informar. Aplica-se aqui o conceito de design da informação considerando que, nos tempos de hoje, não basta ter conteúdo. É preciso saber apresentar este conteúdo, de modo a encantar o leitor.

Por fim, se para o preenchimento da vaga lhe exigir proeficiência em uma língua estrangeira, não hesite em enviar um currículo bilíngue, demonstrando que você, na prática, domina o que eles esperam.

Socorro! Alguém, me ajude!

Pronto. Acabamos de descobrir a pólvora, e ela, fazendo o seu trabalho,  calhou de explodir no seu colo. Mas tudo bem, entendemos que todas essas exigências colocam uma faquinha na jugular de um profissional, que de tão desesperado por um emprego, já não sabe por onde começar.

Neste caso, a gente pode lhe ajudar. Clique aqui e conheça um pouco do que a gente pode oferecer para o seu futuro profissional.

Deixe seu Comentário

Who are you?

Sua mensagem