“Branding content” parece ser uma expressão chique para algo inacessível ao homem simples, mas não é

Sim, é mais um caso de jequisse das agências de comunicação e publicidade. Nada contra, mas a comunicação bem feita deve começar na abordagem adequada ao cliente – e nosso caso, essa definitivamente não é. Em outras palavras, querer usar uma expressão rebuscada para algo simples me cheira a embromação, algo que sou totalmente contra.

Divulgar marcas e criar um vínculo entre elas e os consumidores. Basicamente é isso o que representa “branding content” ou, como prefiro, marketing de conteúdo. O que a web 2.0 tem a ver com isso? Tudo, pois ao entrar na blogosfera o empreendedor se torna um líder de opinião, um referência de conhecimento em seu setor. Ao oferecer conhecimento sobre aquilo que domina, ele promove soluções que vão além dos produtos e serviços que ele oferece. Ganha em reputação e credibilidade e, claro, em “branding content”, isto é, no valor da sua marca!

Faz tempo que o consumidor exige mais da empresa do que simplesmente uma propaganda milionária no intervalo da novela. A marca deve participar positivamente da vida dele, conduzindo-o a boas escolhas.   Apesar de tomar tempo, o custo/benefício a médio prazo é valioso.

 Ganha-se em exposição da marca, no posicionamento do site nos mecanismos de busca, em reputação da empresa, ganha-se em assinantes de uma eventual newsletter e em seguidores nas redes sociais, isso pra ficar em alguns benefícios básicos e imediatos. É um bom preparador de terreno para oferecer promoções certeiras, cujo cliente não ficará naquela indecisão de “será que é confiável?”. No momento que o empreendedor põe a cara para bater ele se aproxima, quebra o gelo na relação com o cliente. Desburocratiza o diálogo retirando o balcão que separa os dois.

Eis um bom exemplo: nosso cliente

O Blog do Neves, da Neves Imóveis, é um exemplo vencedor dessa prática. Desde 2010 tem utilizado o blog e as redes sociais como um pós-venda eficaz. Tem trazido também novos clientes para a imobiliária. Em um período de um ano, pelo menos quatro imóveis foram negociados  partir de abordagens geradas pelo blog, um ganho bem acima do investimento realizado.

Mas tô sem tempo, e ai? 

E ai que você pode contratar uma empresa especializada para fazer isso por você. Não querendo me gabar, mas PENSO MÍDIA está apta a dar todo o suporte e assessoria necessária a essa ferramenta poderosíssima para ganhar clientes e novos negócios. E se encane com preço, pois a gente lida exclusivamente com o micro e pequeno empreendedor interessado em crescer.

Deixe seu Comentário

Who are you?

Sua mensagem