Utilizar as redes sociais como canal de relacionamento com seu público-alvo tem se mostrado uma estratégia eficiente e necessária, quando bem usada. Observe aqui o que pode queimar o filme de sua empresa

Autopromoção: muito chato ver na sua timeline do Facebook ou Twitter um monte de “jabás” que servem apenas para massagear o ego do empresário. Aposte sempre em conteúdo relevante, que preste algum serviço ao seu público.

Não dar bola para a concorrência: é sempre sempre importante manter pelo menos uma orelha levantada para o que concorrência diz por aí. É numa dessas que você pode dar o “pulo do gato” e ganhar espaço

Difamar a concorrência: lembre-se que acompanhar o que os concorrentes dizem não significa atacá-los de maneira pejorativa. Marketing de guerrilha não combina com o ambiente socializador das redes sociais. Se for atacado, não revide. Dê sua resposta de maneira racional e positiva.

Tapar os ouvidos para o cliente: dê sempre importância ao que seu cliente diz para você. Se você foi criticado não apague o comentário, mas esclareça-o e compartilhe-o para todos seus seguidores, nunca deixando um ponto sem nó.

 Não ligar para o que estão dizendo sobre sua marca: monitore sempre o que tem sido dito sobre sua marca. Utilize os mecanismos de pesquisa no Twitter, verifique as tags abertas para falar sobre sua empresa, acompanhe as comunidades. É muito importante entender o efeito causado por suas ações promocionais, pelo lançamento de produtos e também para medir satisfação de seus serviços.

 

Deixe seu Comentário

Who are you?

Sua mensagem